quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ídolos - Workshop - Meninos

Postado por Lily Luz às 11:59 7 comentários
Ontem tivemos fase de Workshop com os 12 meninos.
Vamos as tricotadinhas...

* Maycon (Teu Beijo)
Começou mal , estava nervoso, já fez apresentações melhores.
Mas ainda sim, ele se destaca entre os 12. Sua voz é muito bonita.

* Phelipe (Samurai)
Tropeçou nas própria pernas, quis mostrar desenvoltura e acabou exagerando, sua dança parecia mais com Ney Matogrosso do que com qualquer outra coisa.

* Saulo (Como vai você?)
Mais uma vez mostrou o quanto amadureceu de 2008 pra cá. Cantou super afinado e com muita emoção. Bonito de se ver. Torcendo pra que ele passe dessa fase!

* Marcos Duarte (Nosso amor é ouro)
O que eu vi foi uma apresentação cover de Zezé di Camargo, depois de almoçar feijoada e jantar dobradinha. Uma caganeira só!
Ainda bem que arrependimento não mata, senão teriam que arrumar 3 novos jurados pro Ídolos.

* Juceir (Pensando em Você)
Apresentação morna, sem emoção. Concordo com o Marco Camargo que diz que parecia ser uma apresentação de karaokê.

*Júlio (Coleção)
Apresentação perfeita!
Super afinado e a vontade no palco. Demonstrou segurança e firmesa.

* Léo (Agora eu Já sei)
Apresentação água com açúcar.

*Marcos Paulo (Não precisa mudar)
Como o Juceir, não apresentou nada demais.
Calainho disse que ele está muito abaixo dos outros candidatos. Tirando o Marcos Duarte que pra mim é UÓ, concordo com o Calainho.

* Cosme (Quando a chuva passar)
Conquistou os jurados, foi unânime. Concordo 100%. Estava tranquilo, a vontade e a música se adequou perfeitamente a sua voz.

* Diego (Metamorfose ambulante)
Meu queridinho escolheu a música tema de minha vida..rsrs... mas eu já o vi se apresentando melhor. Temo que ele saia por conta de uns errinhos nessa apresentação. Mas ele já é um artista, tem pinta, presença, voz...só aquele cabelo dele que parece mais vassourinha de vaso sanitário...hehe...não dá pra ser perfeito né gente?

* Evandro (Alma Gêmea)
Acho a música xarope e a presentação idem.
Mas ele agradou os jurados.

* Jésus (Bem Simples)
Jésus salvou a noite com uma apresentação maravilhosa!
Eu amei! Camargo não gostou.

____________________

No meu top 6 masculino quem fica são:

- Júlio Cesar
- Jésus Henrique
- Diego Valle
- Saulo Roston
- Cosme Motta
- Maycon Balbino

Hoje saberemos a decisão do público. Amanhã eu comento.


***********************

"Um dia pretendo
Tentar descobrir
Porque é mais forte
Quem sabe mentir"

(Eu Sei - Álbum Que País é Este? - 1987)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Para os apaixonados por séries

Postado por Lily Luz às 19:54 5 comentários
Estreou na semana passada na emissora norte-americana ABC a série “Flashforward”. O primeiro episódio mostrou que a série veio para ficar e deve ser realmente a aposta da ABC para substituir “Lost”, cuja sexta e última temporada estreia em janeiro nos EUA.

A série conta a história de um desmaio coletivo que atinge a população do planeta por dois minutos e 17 segundos no dia 24 de setembro, data da estreia. A partir do fato, as pessoas acordam e começam a ter premonições de sua vida na data de 29 de abril de 2010. Com isso, resta a cada uma das pessoas aceitarem o seu futuro ou tentar mudá-lo. Já os que desmaiaram e não tiveram nenhum tipo de premonição temem não estarem mais vivos em abril de 2010.

Com a estreia de “Flash Forward”, o grupo Sony, que também administra o canal AXN, promoverá alterações nas datas de estreia de outros seriados.

“Lost”, que tradicionalmente estreava no mês de março, foi antecipado para o início de fevereiro. Já “Grey’s Anatomy” e “Desperate Housewives”, que estreariam suas novas temporadas apenas em fevereiro de 2010, chegarão à telinha brasileira no mês de novembro deste ano.

Os fãs de Lost podem começar a encontrar pistas do destino da série em Flash Forward - A série, baseada no livro de Robert J. Sawyer e que tem a difícil tarefa de estabelecer-se como o "próximo Lost" na rede ABC - pode, ou não, ter incluído uma informação importante sobre o destino da ilha em seu piloto.

Em uma das cenas do episódio-piloto, um cartaz mostra o que aconteceu com a decisão de detonar uma bomba de hidrogênio na ilha para evitar a queda do voo 815. Segundo fãs de olhos atentos, um anúncio da Oceanic exibe a frase "Perfect Safety Record", o que significaria que nenhum avião da empresa caiu (ainda?). Considerando que as duas séries brincam com o tempo, sem que os personagens saibam se viram de fato cenas do futuro ou alucinações, o jeito é esperar.

Eu assisti o Piloto hoje e confesso que quero ver o restante. A verdade é que comecei assistindo meio que com um pré-conceito...tipo...substituir Lost? Humpf! É ruim, hein! Mas a série realmente promete, e se de uma forma ou de outra a história nos fizer pensar que tudo pode ter início em LOST, fica melhor ainda.


Dominic Monaghan, o Charlie de Lost fará uma participação, ainda não se sabe se grande ou não na série e a atriz Sonya Walger, a Penny de Lost, é uma das atrizes principais, uma médica casada com o bonitão policial da trama. Bons motivos pra acompanhar a série.

Se você também é apaixonado por série e quiser conferir o episódio "No More Good Days", clique aqui e baixe o episódio piloto depois venha contar pra gente o que achou, ok?




******************************

"Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém"

(Quase Sem Querer - álbum Dois - 1986)


segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Final de No Limite

Postado por Lily Luz às 09:02 27 comentários

Essa foi minha cara ontem ao final de No Limite.
Aliás a minha e a de todos que assitiram a edição lamentável de um reality tão legal.
A cara dos que participavam do tal juri era pior ainda, era de c* mesmo.
Se eu estivesse ali, juro que falaria: "Tenho mesmo que escolher alguém?? Não Posso voltar pra casa e fingir que isso tudo foi um pesadelo? Ou então, eu posso votar no câncer, digo, na Sandi? Porque pelo menos dela a gente ainda vai se lembrar por mais de 1 semana."

Eu até tinhas umas piadinhas amarelas pra fazer do programa, algumas considerações sobre alguns participantes, sobre as provas repetitivas, sobre as mordomias infindas e tinha muito o que falar da minha decepção em ter uma LucianaCaradeKoo como a vencedora do programa... Mas nem quero me dar ao trabalho, em menos de 24 horas esqueceremos quem venceu o programa, mas ficará fresco por muito tempo ainda na nossa memória, o fiasco que foi essa edição.

Já viram final de programa que mais parece velório?? Ninguém estava feliz. Nem as finalistas.
Ninguém abraçou ninguém, não houve confraternização...constrangimento total!
Ontem o Zeca deixou no ar que terá mais outra edição. Na boa? Vamos parar por aqui, o estrago já foi grande, então se não for pra ter uma edição que nos faça esquecer a derrota que foi esse No Limite, melhor nem tentar.



*******************************

"Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre, sem saber, que o pra sempre
Sempre acaba..."

(Por Enquanto - álbum Legião Urbana - Primeiro álbum 1985)




sábado, 26 de setembro de 2009

13 anos sem Renato Russo

Postado por Lily Luz às 19:09 37 comentários

No dia 11 de outubro completará 13 anos da morte de um dos maiores, cantor/compositor/músico brasileiro. Renato Russo.
Ainda me lembro do dia em que soube de sua morte. Parecia que um ente muito próximo havia ido pra não mais voltar. Senti muito.
Renato e Legião Urbana, fizeram parte durante muito tempo da minha vida, embalaram romances, despertaram a curiosidade política, divertiram e marcaram uma época. O fato da década de 80 ser A Década, se deve muito a essa Legião. Me lembro de chegar da escola correndo pra ouvir a melhor do dia na rádio 98Fm; durante várias semanas "Faroeste Cabloco" liderou o top list.

Em 1988, Renato assumiu publicamente que gostava de meninos e meninas. Renato Russo morreu aos 36 anos, pesando apenas 45 quilos, em consequência de complicações causadas pela Aids (era soropositivo desde 1989), mas jamais revelou publicamente sua doença. Seu corpo foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx.

No dia 22 de outubro de 1996, onze dias após a morte do cantor, Dado e Bonfá, ao lado do empresário Rafael Borges, anunciaram o fim das atividades do grupo. Estima-se que a banda tenha vendido cerca de 15 milhões de discos no país durante a vida de Russo. Mais de uma década após sua morte, a banda ainda apresenta vendagens expressivas de seus discos.

Então em forma de homenagem ao grande Renato Russo, cada post até o dia 11 de outubro, levará em seu rodapé um trecho de alguma composição desse inesquecível poeta.

***************************************

"Nunca deixe que lhe digam
que não vale a pena acreditar no sonho que se tem...
Ou que seus planos nunca vão dar certo...
Ou que você nunca vai ser alguém...
...Quem acredita sempre alcança!"

(Mais uma Vez - álbum Presente - póstumo/ 2003)

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Ídolos - Top 24

Postado por Lily Luz às 16:07 10 comentários
Já temos o Top 24 de Ídolos


Adoro a voz do Maycon, uma voz feminina, doce e sedutora. Merece ser Top.
Phelipe Silva me surpreendeu logo na audição no Ceará, além de bonito, canta muito bem.
Saulo Roston, quem diria...de MALA do Ídolos 2008, pra grande revelação. Eu sei dar o braço a torcer e digo que Saulo está surpreendendo muita gente, inclusive a mim.
Agora, o que o Camargo viu no Marcos Duarte?? Porque pelo o que eu entendi ele que forçou uma barra pro cara passar. Calainho não queria e Camargo o deixou de saias justas.
Não vejo NADA demais nele. Fez aquela cagada com a música de Tim Maia, porque disse que não era a sua praia, depois teve a chance de cantar Víctor e Léo e esqueceu letra e melodia. Por muito menos outros caras bons voltaram pra casa. Achei muito injusto.

Poderíamos agora ter um Romero de Queirós no top 24 e teremos que ouvir a voz chorosa de Marcos Duarte.
Ninguém merece!

Desses 4 eu só não gosto muito do Marcos Paulo, mas pode ser que ele me surpreenda daqui pra frente, porque agora com as apresentações em espaço de tempo maior, poderemos avaliar melhor cada uma.

Desses 4 o meu queridinho é Diego Vale. Adoooro! Fiquei morrendo de medo dele não passar.
Evandro Elias ainda não me convenceu. E Cosme alterna bons e maus momentos.
Jésus chegou ao top 30 do Ídolos II no SBT, mas não passou disso. Espero que dessa vez ele tenha um pouco mais de sorte.

Mayara, Melina e Natália dispensam comentários. Adoooro!
Mas a Dani me desperta amor e ódio em proporções iguais. Preciso descobrir o que realmente sinto por ela, acho que essa fase será melhor pra avaliar.


Não consigo deixar de torcer pela Héllen, ela tem uma voz linda demais! Tomara que ela pare de choramingar pelos cantos e se concentre no programa. Ela tem tudo pra ganhar.
Gosto da Bárbara a de Thaís e o jeito debochado e "sou sexy mesmo" de Aline me encanta, acho super natural, sem contar a voz linda que tem.


Agora momento decepção for ver a linda e encantadora Adrielly se transformar numa garota feia, recalcada e invejosa. Adorei ela ter sido eliminada.


Assim como gostei de ver Marina (gêmeas) indo pra casa. Um Ídolo antes de qualquer coisa precisa ter carisma e isso é uma coisa que definitivamente ela não tem.



Raquel e Priscila cantam MUITO!!!
Suzanne tem alternado também bons e maus momentos, mas é muito boa.
Agora eu queria muito ver a evolução de Taíssa, por enquanto não sei sei se ela merece está no Top 24.


O que aconteceu com a participante Andréia Mattos que tanto me encantou no teatro?? Não vi ela sendo eliminada, ela deveria muito está nesse top. Ela é maravilhosa!




Outra maravilhosa era Victória Lucato, mas que fez muito feio no teatro e dançou. Acho que ela fumou uns incensos antes da apresentação pois nao conseguiu fazer nada com nada e saiu toda zen, sem ao menos entender o que aconteceu. Chegou a ser engraçado...rsrs



quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Só Acontece na América!

Postado por Lily Luz às 17:24 28 comentários




Os Estados Unidos este ano teve sua oitava temporada de Amerian Idol. Pra um programa chegar a este número podemos crer que realmente faz muito sucesso por lá. Vamos comparar ao nosso Big Brother, que passou pela sua nona edição e a gente sempre quer mais.


Vamos analisar um pouco as temporadas passadas de American Idol.

Primeira temporada:
O programa chegou com muitas surpresas e conquistou o público desde o primeiro episódio. Kelly Clarkson, a primeira colocada, foi muito ovacionada e fez muito sucesso, sendo até hoje, a vencedora mais bem sucedida no mercado mundial.


Felizmente, o sonho de infância de Kelly Clarkson de ser bióloga marinha não se tornou realidade. Ao invés disso, seu nome se tornou famoso entre os lares quando sua voz soul capturou os corações e mentes de milhares de pessoas quando ela foi eleita a American Idol em Setembro de 2002. A jovem de 20 anos do Texas se apresentou ao vivo toda semana (durante dez semanas) pontualmente para uma audiência de 25 milhões de telespectadores em um dos programas mais bem sucedidos da América de todos os tempos. Mesmo com o fato de que Clarkson nunca teve uma aula profissional de canto, ela recebeu 57% dos votos na final. Em tempo, sua voz era para ela, algo muito normal e natural da sua vida, isso não a fazia pensar que tinha algo especial. A força e beleza de sua voz foi reconhecida por acidente.
Depois, ao lançar seu primeiro CD, o Thankful, Kelly emplacou vários hits nos Estados Unidos. Com um estilo Pop/R&B/Soul, foi concretizado o sucesso que um vencedor do programa poderia fazer. Mas ela foi realmente consagrada em 2004, com seu segundo CD Breakaway, quando apostou em uma mudança radical no estilo, trazendo músicas de Rock bastante radiofônicas. A mudança foi bem recebida fazendo com que a música Since U Been Gone se tornasse um dos maiores hits de 2005. O sucesso ocasionou em uma impressionante vendagem, passando da marca dos 10 milhões de CDs vendidos, também na vitória dos mais importantes prêmios da música, como o VMA e o Grammy.

Segunda Temporada:



Ruben Studdard foi o vencedor, e Clay Aiken ficou em segundo lugar. De 24 milhões de votos computados, foi dito que Studdard terminou com 130 mil votos a mais do que Aiken. A controvérsia reinou quando a semi-finalista Frenchie Davis foi expulsa do programa por terem sido achadas fotos dela nua na internet. Em 2003, o competidor Corey Clark, que saiu do programa devido problemas com a polícia, alegou que estava tendo relações sexuais com a jurada Paula Abdul. Uma investigação que a FOX fez, não descobriu nada que confirmasse o fato e Paula continuou como jurada.
Desde sua vitória, Ruben gravou 4 álbuns, participou de dois filmes e foi indicado a vários prêmios.

Terceira Temporada:


A terceira edição do American Idol estreou em 19 de janeiro de 2004. Após uma votação nacional de mais de 65 milhões de votos no total, Fantasia Barrino venceu e Diana DeGarmo ficou em segundo. Fantasia teve a honra de ser a primeira artista feminina a estrear seu primeiro single na primeira posição do Billboard Hot 100 (lista dos mais vendidos e tocados nas rádios nos EUA. A 7ª colocada, Jennifer Hudson, ganhou um Oscar por sua performance no filme Dreamgirls. Não é pouca coisa não!!

Quarta Temporada:
A quarta temporada do American Idol estreou em 18 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos. As audições foram feitas em Washington, St. Louis, Nova Orleans, Las Vegas, Cleveland, Orlando, Anchorage e São Francisco. As audições tomaram parte de agosto a outubro de 2004. Enquanto nas temporadas passadas juízes convidados eram chamados para participar durante a competição, esta foi a primeira edição em que foram convidados também para as audições.

Esta temporada também viu novas regras implementadas no concurso. Ao invés de serem divididos em grupos durante as semifinais, todo os semifinalistas apresentavam-se e os dois homens e as duas mulheres menos votados eram eliminados, até restarem apenas 12 participantes, quando a competição prosseguia normalmente. A final foi ao ar em 24 de maio nos EUA.



Bo Bice e Constantine Maroulis, ambos considerados "roqueiros", vieram com um estilo antes inexplorado pelo programa. Porém a cantora country Carrie Underwood venceu essa temporada e lançou, em 15 de novembro de 2005, seu primeiro álbum Some Hearts, que já estreou como o álbum mais vendido nas listas da Billboard. Numa entrevista posterior, foi revelado por um dos produtores que Carrie Underwood foi a mais votada durante todas as semanas do programa.

Quinta Temporada:


No Top 03, todos os concorrentes tiveram 33% dos votos, e por décimos de porcentagem de diferença o cantor Elliott Yamin acabou sendo eliminado. Taylor Hicks e Katharine McPhee disputaram a final, que consagrou Taylor como o vencedor do American Idol. Porém, nenhum dos dois conseguiu alcançar expressivo sucesso após o programa. Taylor hoje atua na Broadway, enquanto Katharine prepara seu segundo CD junto a David Foster.



Entretanto o roqueiro Chris Daughtry, que saiu no Top 4, formou uma banda chamada Daughtry, e hoje é reconhecido e muito bem sucedido no que faz.

Sexta Temporada:
A sexta temporada do American Idol contou com os mesmos ingredientes das outras. No final, Jordin Sparks conquistou a vitória, ganhando de Blake Lewis.


Aos 16 anos, ela foi a candidata mais jovem da história do programa a vencer o American Idol e seguiu a sua vitória com o lançamento de seu álbum de estréia no final do mesmo ano, que a fez conquistar um American Music Award em 2008 e uma nomeação ao Grammy em 2009. Seu auto-intitulado álbum foi certificado de Platina nos EUA em 12 de dezembro de 2008. Até a data presente, Jordin Sparks já vendeu cerca de 1.5 milhões de álbuns mundialmente.

Sétima Temporada:
A sétima temporada de American Idol, começou no dia 14 de janeiro de 2008 e acabou no dia 21 de maio de 2008. Certa polêmica foi criada quando fotos do concorrente David Hernandez cairam na rede onde ele aparecia semi-nu em uma boate gay onde trabalhava como go-go boy. Diferente do que aconteceu com Frenchie Davis na segunda temporada (ela foi desqualificada quando fotos suas apareceram na net em que exibia os seios) nenhuma punição foi aplicada a Hernandez pela produção do programa, mas ele foi inesperadamente eliminado na primeira semana das finais. Outra polêmica envolveu os participantes Michael Johns, Kristy Lee Cook, Brooke White e Carly Smithson quando foi divulgado que os quatro já haviam gravado CDs profissionalmente. Os quatro participantes foram eliminados um a um depois que essa historia veio a público. Foram registrados 97 milhões de votos e David Cook foi anunciado como o vencedor em 21 de maio de 2008, derrotando o concorrente David Archuleta por 12 milhões de votos.


Na semana do dia 25 de Maio, David Cook conseguiu quebrar vários recordes nos charts da Billboard, famosa revista e site que listam as músicas mais tocadas nas rádios americanas e também álbuns mais vendidos.
Seu recorde mais notório foi romper a proeza de ter 11 músicas de estréia nos charts da Billboard Hot 100, batendo o recorde anterior estabelecido por Miley Cyrus (Hannah Montana), em 2006, quando ela tinha 6 músicas de estréia na Billboard Hot 10.

Oitava Temporada:


A oitava temporada de American Idol começou no dia 13 de janeiro e terminou em 20 de Maio de 2009, coroando como vencedor Kris Allen. O último show de apresentação bateu o recorde de votação com mais de 100 milhões de ligações. Diferentemente das outras temporadas que normalmente começaram suas finais com um top 12, essa temporada começou com um top 13. Usado pela ultima vez na terceira temporada, o Wild Card (uma espécie de repescagem) voltou esse ano para trazer as finais participantes que não tinham conseguido votos o suficiente para passar, mas na opinião dos jurados mereciam uma segunda chance. Pela primeira vez, um deficiente físico chegou as finais do programa: o deficiente visual Scott MacIntyre ficou em oitavo lugar.







Se você sair às ruas perguntando se alguém conhece esses nomes:









Leandro Lopes (Vencedor do Ídolos I - SBT)




Thaeme Marioto (Vencedor do Ídolos II - SBT)




Rafael Barreto (Vencedor do Ídolos I - Record)




... a maioria vai dizer que não conhece e apenas uma minoria reconhecerá um ou outro.


Até que os programas em geral têm uma boa audiência, mas depois que acaba, acabam com eles aquela admiração e torcida pelos seus participantes. Eles não implacam e acabam no ostracismo. Lamentável!


Poderíamos pensar que isso acontece porque os programas não são feitos pela Globo, a poderosa. Mas e os vencedores do FAMA, por onde andam??


Vanessa Jackson (vencedora do FAMA 1)


Têm alguns cds gravados, mas não toca nas rádios, não aparece nos programas de TV....sumiu da mídia.



Marcus Vinícius (Vencedor do FAMA 2)
Alguém jura que se lembra dele???



Thiago - a direita - (Vencedor do Ídolos 3)
Esse teve um pouco mais de sorte, pois formou com Hugo uma dupla sertaneja, e ao que me parece, pelo menos nesse meio eles fazem sucesso.



Do FAMA, podemos destacar alguns que se deram bem, mesmo sem ter ganho o programa.
Marina Elali, Ivo Pessoa, e na minha opinião umas das maiores revelações de nossa MPB, Roberta Sá, que participou do FAMA 2.



Selinhooo!

Postado por Lily Luz às 14:24 5 comentários


Olhaaa!!!! (by Gugu ;-))
Ganhei um selinho super fofo da Mamis do "Fofocas de Marte", um super carinho dessa blogueira nota 1000! Tks Mamis!!

Quem ganha o selinho tem umas regrinhas básicas a seguir:
As regras são:
1 - Exiba a imagem do selo, que você acabou de ganhar
2 - Poste o link do blog que te indicou.
3 - Indique 10 blogs de sua preferência.
4- Publique as regras.
5- Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.

O que acontece se eu quiser dar o selinho pra blogs que já ganharam??
Isso é um problema porque a Fátima, a Beca e a Carol já deram pra todo mundo que eu queria dar... hehe... entonse eu nunsei como proceder.
Fica aqui o meu muito obrigada aos que sempre se lembram de mim e do meu blog, e que todas as minhas queridas amigas blogueiras se sintam homenageadas, ok??
Tks!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

No Limite da injustiça

Postado por Lily Luz às 19:42 13 comentários
Desculpem a demora do post, mas hoje o dia foi cheio.
Guimarães foi eliminado. Maior injustiça não há.
Acho muito injusto que nós que damos audiência ao programa, não podemos escolher quem queremos na final, quem queremos vencedor.
Se o problema é a falta de audiência e por consequência pouca arrecadação com os telefonemas e com patrocínio, que as regras então fossem outras.
Seria muito mais justo que existisse uma prova eliminatória, e que saísse o último a completar as provas. Dessa forma, os mais fortes ficariam. Se os programa continuar ( o que duvido muito) e a fórmula for a mesma, acreditem, eu não vejo mais.
Prontofalei!
Vamos ao resumão do programa de ontem.


Na prova da comida, os jogadores foram separados em 2 grupos de 3, e amarrados a um poste. Eles precisavam desfazer os nós da corda para chegar a uma cesta com os cadeados que os prendem. Cada pessoa só pode pegar um cadeado.



Assim que o grupo se soltou, eles seguiram para uma caixa (adivinhem?) enterrada. Em seguida, desenterraram o objeto, soltaram emaranhados que fechavam a caixa e retiraram, cada um, 3 cocos.

O baiano Guimarães, Gabi e Osmar conseguiram atingir a linha final primeiro. Os três abriram uma caixa. Dentro, Guimarães achou o papel que o identificava como campeão.

Ele teve como prêmio um dia no spa, uma noite no hotel e o direito de fazer um telefonema. Ao saber que podia dividir a premiação, ele optou por dar a Alexandre a ida ao spa.

Usando um dos prêmio que recebeu na prova Desatando, Guimarães ligou para a mãe, Rosemar Gumarães, e se emocionou. "Mãe, pensei em você hoje o dia todo", disse logo. "Eu te amo, meu filho", respondeu a mãe do estudante, que começou a chorar. "Foi o melhor prêmio que poderia ter ganhado, minha mãe, que bom falar com você!", reforçou o baiano, também com lágrimas nos olhos. "Vai tudo dar certo como sempre deu", apoiou Rosemar. "Vai acontecer muita coisa boa agora", completou ela.

Guimarães perguntou ainda sobre o resto de sua família. "Mãe, cadê todo mundo? Obrigada pela força que vocês estão mandando daí!", completou.
"Você merece, você é guerreiro", disse ela. Ainda emocionados, eles se despediram: "Beijo, eu te amo", disse Guimarães, recebendo em troca o mesmo carinho da mãe.

Alexandre era só sorrisos quando chegou ao Spa. "Nunca imaginei estar num lugar desses!", disse, ao chegar. "Tomei um banho e tirei muita coisa preta. Não tirei a bandana porque o meu cabelo está gigante!" divertiu-se o carioca.

Ele também ganhou uma boa refeição, um luxo para quem está habituado ao dia a dia do acampamento. "Fiquei rindo à toa, comendo sozinho, alegre. Estou aqui, dando uma de príncipe, saboreano todas as comidas", brincou.

"Tudo passou como numa novela, naquele momento", declarou, emocionado. Ele ainda teve os pés lavados por uma funcionária do estabelecimento, e fez até uma brincadeira com ela: "É o pé mais imundo que você já pegou na sua vida, não é?", riu.

Alexandre ainda fez massagens e maravilhou-se com o quarto do hotel. "Eu nunca tinha estado num lugar daqueles. Já tinha esquecido o que era chuveiro, o que era cama", completou.


A prova da imunidade desta rodada de No Limite, chamada "Atados", teve duas etapas. Na primeira fase, os participantes estavam atados com um mosquetão a uma corda, e tiveram que atravessar um caminho cheio de obstáculos, enquanto iam se desembaraçando das voltas que as cordas faziam em torno das estruturas.




Os três primeiros a completarem essa parte passariam à etapa final. Jéssica, Osmar e Guimarães garantiram seu lugar na segunda etapa, que funcionava da mesma maneira, mas com obstáculos maiores e mais desafiadores, de três andares. Osmar foi o primeiro a completar o percurso, e conquistou a imunidade, garantindo seu lugar entre os cinco últimos participantes.


Após vencer a prova de imunidade, Osmar escolheu Jéssica para enfrentar o Exílio. A indicação aconteceu após um acordo feito na Carnaúba. "Saimos da tribo, haviamos combinado que eu ia para o exílio porque não tinha ido ainda", contou a morena."Mas eu não sabia que ia sozinha", Sifú!

Jéssica mostrou-se assustada com a novidade. "Tenho pavor de ficar sozinha, vai ser difícil, mas vou tentar me superar mais uma vez", disse. Ela improvisou uma barraca com folhas de coqueiro para se proteger do vento. "Vou rezar para não chover", torceu.

A comissária de bordo aproveitou o afastamento solitário para refletir. “Passei praticamente a noite em claro. Ficar afastada do pessoal me fez pensar no jogo".

O estudante baiano Guimarães, de 24 anos, foi eliminado neste domingo após receber 3 votos. Guimarães, que começou a competição na tribo Taiba, foi escolhido para entrar em No Limite após disputar uma prova e enfrentar uma votação popular.

Desde o princípio o estudante afirmou que não precisava de uma vida luxuosa. "Nunca tive conforto. Isso para mim é irrelevante", disse. O baiano mostrou seu lado conciliador logo no começo da competição. Ao ver que o companheiro de tribo Ronaldo estava desolado com a indicação para o Portal, ele procurou ajudar."Quando a pessoa está nessa situação, quer desabafar com alguém". Após a união das tribos, ele se disse decepcionado com os ex-Taiba, por achar que estavam tentando influenciar os votos. O baiano revelou insatisfação com a estratégia de Gilson e Gabi, que estariam tentando influenciar os novos companheiros na tribo Carnaúba. "Não esperava isso dele. Acabei me decepcionando", disse, sobre o bombeiro gaúcho.
veja também
Quando foi para o Exílio com Luciana, tomou a sua decisão mais arriscada no jogo: após encontrarem o colar da imunidade, resolveram escondê-lo, passando a pista para o resto da Carnaúba como se não tivessem achado.

"Quando a gente chegou, o pessoal da tribo perguntou se a gente tinha encontrado. A gente falou que não, e falamos a pista. 'O morro que parece pedra', então ficou todo mundo elaborando onde vai ser isso aí. Vai ficar engraçado!" riu o jogador. Alexandre descobriu tudo ao ver o colar da imunidade na bolsa de Luciana e contou para os outros. Índia ficou revoltada e resolveu convocar uma reunião com a tribo para pedir satisfações da goiana. Muitos ficaram indignados com a atitude do estudante, que pode ter lhe custado a vitória na competiçao.



Fonte

 

Coisas de Lily Copyright © 2010 Designed by Elis